Home > Notícias > Habitação

Presidente da CDHU vem a Santa Rosa assinar contrato do novo Conjunto Habitacional

18/10/2018
Comunicação Social

O presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Governo de São Paulo, Sr. Humberto Schmidt esteve em Santa Rosa na noite desta quarta-feira (17) para assinar o contrato do início da construção do novo Conjunto Habitacional, que será construído ao lado do Montorão.

A cerimônia aconteceu no anfiteatro Waldomiro Lima, na Praça Zuleika de Melo Moura Balbão no bairro Nosso Teto e reuniu centenas de pessoas, entre autoridades, políticos e população em geral. A Famusa se apresentou, mostrando o belo trabalho que o maestro Marcelino tem feito no bairro. Representantes da empresa que fará a obra também estavam presentes e participaram da assinatura do contrato, anunciando que a construção começará em breve.

Fixed Dimensions

Images with fixed dimensions
images/35x35/1.jpg

O prefeito Luís Fernando Gasperini, em sua fala, destacou a importância deste fato para o atual momento da cidade: “Estamos aqui neste momento histórico de nosso município, prestes a iniciar a construção de mais 203 casas que serão destinadas às pessoas que mais precisam. Ter uma casa é o sonho de todo cidadão e agora, com este novo conjunto habitacional, mais duas centenas de famílias alcançarão este sonho”. Gasperini ainda anunciou que o governo de SP por meio da Secretaria de Habitação liberou um recurso no valor de R$ 325 mil que será destinado a obras de recapeamento em ruas dos bairros Liliana Urtiaga Andreazza e Jardim Petrópolis (Nosso Teto). O pedido para liberação deste recurso foi feito pelos vereadores Fabrício Luiz e Marcos Neri (DEM).

No palco do anfiteatro, ao lado do prefeito e do presidente da CDHU também estavam o vice-prefeito, Renato Palma Rocha Jr., os vereadores Aparecida Estevam, Fabrício Luiz, Fabíula Moura, Francisco Justino Mota Neto, Renato França, Roberta Andrade, Marcos Lúcio Neri e Mário Marco Titarelli, o gerente regional da CDHU, Adão Ferreira de Freitas, assessores de deputados federais e estaduais e membros da equipe da Prefeitura.

Humberto Schmidt revelou que o governo de SP está empenhado em atender o máximo de municípios possível, naquele que é considerado o maior programa habitacional do país. “Em cinco meses, andei por todo o estado de São Paulo, visitando municípios de todas as regiões. Queremos estar mais próximos da população e atender, com agilidade, todos os processos de construção de novos conjuntos habitacionais que estão em andamento”, afirmou.

Segundo o presidente da Companhia, a obra será feita em duas etapas: “Vamos dividir a construção destas casas em duas partes, cada uma com cerca de 100 residências, aproximadamente. Quando a construção atingir 50%, abriremos as inscrições. Ao atingir 70% da obra, realizamos o primeiro sorteio. Fazendo assim, damos agilidade no processo e não é preciso terminar toda a obra para que os cidadãos possam ser atendidos com moradia de qualidade”, completou Schmidt.

Serão investidos cerca de R$ 13 milhões na construção do novo Conjunto Habitacional e, de acordo com a CDHU, boa parte das compras e contratações são feitas no próprio município. “Incentivamos a contratação de mão de obra da própria cidade e região, gerando emprego e renda no município. Também orientamos as construtoras a comprarem o máximo de materiais no município, cumprindo com nosso compromisso de fortalecer a economia local”, finalizou.

 

 

Outras Notícias



Portal antigo